PROJETO ESTANHO PEDRA BRANCA (Sn, Li, F, ETR)
MINÉRIO: Estanho, Lítio, Fluorita, Tântalo, ETR.
PRODUÇÃO ANUAL: > 100 Toneladas de Concentrado de Sn
RESERVAS: Potencial > 200 mil toneladas de Sn contido

PROJETO ESTANHO PEDRA BRANCA (Sn, Li, F, ETR)

Projeto  localizado no Centro Oeste do Brasil, nordeste do Estado de Goiás– próximo à cidade de Nova Roma. Projeto Inserido na Província Estanífera de Goiás, local da maior produção de cassiterita (estanho) e tantalita (tântalo) nos anos 70 e 80 no Estado.

Mapa Localização

DESTAQUES

  • Projeto com produção de estanho em região de mineração;
  • Projeto com Guia de Utilização e Licença de Operação (LO);
  • Extensa base de dados CVRD/Vale disponível para revisão e consolidação;
  • Base de dados confirma 15,000 toneladas de Sn contido;
  • Potencial para > 200 mil toneladas de Sn contido;
  • Planta piloto em operação;
  • Previsão em 2018 para produção de > 100 toneladas de concentrado de Sn, gerando uma receita de > US$ 2M;
  • O projeto pertence 100% a empresa EDEM;
  • O preço do estanho está consistente (> US$ 21 mil/tonelada);
  • Potencial real para aproveitamento de subprodutos: Lítio, Fluorita e ETR (elementos terras raras);
  • A EDEM faz parte de um Grupo Empresarial Sólido com 40 anos de experiência no campo de mineração no Brasil;
  • O Grupo possui vários projetos e Minas em operação (Bauxita, Fosfato, Ouro e Tungstênio) com receita anual de aproximadamente US$ 50M;
  • O contexto geológico regional é bastante favorável, inclusive a EDEM possui em seu portfólio, o Projeto Xupé (Estanho e Tântalo), que é Portaria de Lavra. O Projeto Xupé possui base de dados disponível para validação, e com recursos estimados para Sn e Ta.

Mapa Geológico Regional

 

Total de 13 km de trend potencial marcado por geofísica (mag) e ocorrências.